Menu de Navegação de Páginas

Carta Pe. Eduardo – outubro/2018

Carta Pe. Eduardo – outubro/2018

Valinhos/SP, outubro de 2018.

Somos discípulos e missionários!

Estamos em outubro, mês das missões. Posso dizer com toda sinceridade do meu coração que a maior alegria da minha vida é ser padre e ser um missionário! Aos dezoito anos dei o meu Sim a Deus, entrei para a Companhia de Jesus para ser um sacerdote jesuíta e ir como missionário para onde Ele me enviasse. A Divina Vontade, então, fez com que eu fosse um missionário neste país, a Terra de Santa Cruz!

Há mais de cinquenta anos, graças a Deus, sou um servo do Reino de Deus aqui no Brasil e sou muito feliz por ter fundado a Associação do Senhor Jesus e a Rede Século 21, que são d’Ele e, a partir disso, ter conhecido tantas pessoas que têm o mesmo objetivo e a mesma missão de anunciar o Evangelho comigo. Agradeço a Deus por ter colocado você, em minha vida e na história desta Obra! Louvado seja Deus por tudo!

Só posso louvar e agradecer ao Senhor pelos serviços que juntos prestamos ao Reino, como discípulos e missionários. Somos d’Ele. Somos inteiramente de Jesus, não é verdade? E sabemos muito bem que quem é d’Ele, por amor a Ele, pode trabalhar e se doar sempre mais. Você sabe que juntos nós ainda podemos fazer muito mais pela evangelização. Concorda comigo?

No momento, o que mais desejo é seguir em frente com a construção de nossa tão sonhada Igreja das Mãos Ensanguentadas de Jesus. Preciso que você me ajude a conquistar mais devotos para, conosco, serem novos missionários na construção desta Igreja e na construção do Reino de Deus! Por favor, convide mais irmãos e irmãs a se tornarem devotos. Convença estas pessoas testemunhando as graças e bênçãos que já foram recebidas através do humilde e poderoso convite: “Vem tocar em mim. Vem, Senhor Jesus”.

Tenho certeza que muitos corações ainda serão tocados e renovados deste modo e passarão a ser fieis missionários do Reino. Missionários da Divina Vontade através de você. Missionários da Vontade Soberana de nosso adorado Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo. Que maravilha! Que grande graça! Que enorme bênção!

Tudo o que aconteceu em nosso inesquecível Encontro Nacional, dia 16 do mês passado, é prova de que milhares e milhares de corações já foram radicalmente transformados pelo amor infinito de Jesus que, com suas Mãos poderosas, realiza o impossível. Foi um dia maravilhoso! Orações, lágrimas, sorrisos, testemunhos, adoração, com joelhos dobrados e mãos erguidas em louvor e agradecimento ao Rei, ao Dominus, ao Dono de nossas vidas e de tudo o que somos. Nosso Encontro das Mãos Ensanguentadas foi a demonstração de que a Divina Vontade é sempre o melhor para nós, não é mesmo?

O que Deus me inspira agora é esta oração. Peço humildemente que você a reze durante todo este mês missionário e depois me envie seu testemunho, contando o que a Divina Vontade realizou em sua vida e na vida de todos da sua família. “Querido Pai Deus, em Nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, coloco-me hoje, mais uma vez, à Tua inteira disposição, para realizar a Tua Divina Vontade em minha vida e na vida de todos da minha família. Para que isso aconteça, entrego minhas mãos, para que trabalhem com muito amor em favor de todos. Entrego meus pés, para que não se cansem de caminhar ao encontro de quem de mim precisar. Entrego minha vida, para que seja um autêntico testemunho de que Teu Amor eterno realiza maravilhas. Entrego, enfim, minha vontade, para que se submeta totalmente à Tua Vontade Divina e, assim, eu seja um verdadeiro missionário do Teu Reino. Amém”.

Jamais se esqueça que rezo todos os dias por você e todos os seus na Santa Missa e em minhas orações. Ajude-me a ser um fiel missionário de Jesus por meio desta Obra que é d’Ele. Que o Deus de Misericórdia e Amor lhe retribua em graças e bênçãos tudo o que você faz em nosso favor. Muito obrigado!

Não se esqueça que estamos no mês missionário e todos nós somos convidados a ser discípulos e missionários de Jesus.

Receba a minha bênção sacerdotal. Que nossa querida Mãe Aparecida proteja você e todos da sua família.

 

Pe. Eduardo Dougherty, SJ

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Faça sua doação